PROJETO ILHAS DO RIO PROMOVE SEU III CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA PROFISSIONAIS DE TURISMO E ESPORTISTAS

Projeto Ilhas do Rio oferece  mais um curso de capacitação para profissionais de turismo e esportistas do Rio.

O curso, oferecido gratuitamente em parceria com o ICMBio, vai acontecer no dia 4 de julho de 2019, no Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, com capacidade para 40 pessoas por turma.

O principal objetivo é fomentar a educação ambiental, fornecendo conteúdo didático-científico para aqueles que desejam se tornar agentes multiplicadores do projeto e levar a conscientização ecológica para os frequentadores da Unidade de Conservação quanto ao seu uso público.

Com duração de quatro horas, o treinamento conta com palestras da equipe do Projeto Ilhas do Rio e do ICMBio, material de divulgação e certificado. Também serão utilizadas amostras de exemplares da biodiversidade das ilhas, que fazem parte da Coleção Zoológica Didático-Científica, da Seção de Assistência ao Ensino (SAE), do Museu Nacional/ UFRJ, permitindo que os profissionais da área estejam familiarizados com as principais espécies que vivem na região. Com isso, espera-se contribuir para a formação de guias e operadores de turismo e/ou de práticas esportivas mais habilitados para lidar com a crescente procura por atrativos naturais na cidade.

A ementa é dividida em quatro tópicos:

  1. Histórico e ações do Projeto Ilhas do Rio: a educadora ambiental Flavia Brasil vai apresentar dados gerais de todas as fases do projeto, desde 2011, como as atividades de educação ambiental (exposições, palestras, cursos, mutirões de limpeza, atividades do Centro de Visitantes da Colônia de Pescadores, em Copacabana), além das diversas linhas de pesquisa abordadas pelo projeto: peixes, bentos, cetáceos (golfinhos e baleias), flora e controle do capim colonião, qualidade da água, aves, arqueologia e conectividade genética dos peixes da Lagoa Rodrigo de Freitas.
  2. Biodiversidade do MoNa Cagarras: Dra. Renata Gomes, do Projeto Ilhas do Rio, vai apresentar a biodiversidade do MoNa Cagarras com ênfase na fauna marinha e terrestre da região, e a importância da utilização da coleção zoológica didática-científica da SAE/MNRJ/UFRJ como instrumento de representação dessa biodiversidade, nas atividades de mobilização social do Projeto Ilhas do Rio.
  3. Uso Público em Unidades de Conservação (UCs) federais – Leidiane Diniz do ICMBio, fala sobre o uso público como ferramenta de conservação; base conceitual utilizada pelo ICMBio em uso público; aplicação do ROVUC (Rol de Oportunidades de Visitação em Unidades de Conservação) no planejamento da visitação em UCs federais.
  1. Uso Público no MoNa Cagarras – Tatiana Ribeiro do ICMBio, gestora da Unidade de Conservação, fala sobre propósito, significância, recursos e valores fundamentais do MoNa Cagarras; uso público no MoNa Cagarras: usos pré-existentes; plano de manejo – zoneamento e normas para uso público; perspectivas para o futuro: plano de uso público.

Para participar, inscreva-se aqui

Os inscritos serão selecionados de acordo com seus perfis e receberão email confirmando a inscrição.