Projeto Ilhas do Rio promove Exposição no Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES)

Exposição sobre o Monumento Natural das Ilhas Cagarras na Galeria de Arte do INES

Aberto ao público, evento acontece de 19 a 25 de março, levando as belezas e riquezas das Ilhas Cagarras ao alcance de todos.

Depois de receber mais de duas mil pessoas no Forte de Copacabana, a Exposição do Projeto Ilhas do Rio tem novo endereço na cidade. De 19 a 25 de março, parte das belezas e riquezas do Monumento Natural das Ilhas Cagarras (MoNa Cagarras) vai ocupar a Galeria de Arte, Ciência e Tecnologia, do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), em Laranjeiras. O evento conta com diversas atrações, para todas as idades, que mostram de forma lúdica e educativa os resultados das principais linhas de pesquisa do projeto, que vem desde 2011 mapeando toda a biodiversidade da Unidade de Conservação, com o patrocínio da Petrobras.

A exposição traz em primeira mão centenas de imagens exclusivas da biodiversidade e do trabalho de campo realizado pelos pesquisadores, entre elas, algumas inéditas, como os flagrantes da presença das baleias e orcas na costa carioca, registrados em julho deste ano. O público também tem a oportunidade de ver de perto alguns exemplares da Coleção Zoológica Didático-Científica, da Seção de Assistência ao Ensino (SAE) do Museu Nacional (salva do incêndio que atingiu a instituição em 2018) que representam a biodiversidade das ilhas tais como peixes, invertebrados marinhos, répteis e anfíbios (conservados em álcool); conchas e corais secos; e exemplares empalhados de um tubarão de ocorrência rara, um atobá-marrom e uma fragata.

No espaço “Caixa de Escavação”, os visitantes podem brincar de ser arqueólogos por um dia, procurando com ajuda de pás e pincéis algumas conchas e réplicas de artefatos arqueológicos, como um machado de pedra polida e um quebra coquinho utilizados pelos índios tupi guarani, encontrados por pesquisadores do projeto no topo da Ilha Redonda, em 2011. Além disso, um grande painel interativo traz o zoneamento do costão rochoso, onde é possível conhecer e interagir com as espécies que habitam os diferentes níveis do costão, assim como um cardume interativo que traz informações sobre algumas das centenas de espécies de peixes que ocorrem no MoNa Cagarras.

Um boneco com equipamento de mergulho completo exemplifica os tipos de instrumentos utilizados pelos pesquisadores para ir a campo e uma maquete gigante em 3D traz o mapa das ilhas em proporção para entender melhor a geografia da região. A tecnologia 3D também vai estar presente na exibição do documentário do projeto “Ilhas Cagarras – Monumento Carioca”. Quem quiser, poderá conferir as imagens subaquáticas do filme usando óculos de terceira dimensão. E, especialmente para este evento, o documentário recebeu legenda e interpretação em Libras.

A fim de multiplicar o conhecimento e fazer a informação chegar a todos, a exposição contará com a presença de intérpretes de Libras, fazendo a mediação dos monitores com os visitantes surdos.