Ilhas do Rio no combate à poluição marinha através da educação e sensibilização ambiental

O Projeto Ilhas do Rio, em parceria com o Projeto Verde Mar  promoveu nos meses de novembro e dezembro uma campanha de sensibilização sobre os problemas causados pela poluição no oceano. Ao todo foram cinco ações na Baía de Guanabara, praias e ilhas do Rio.

A primeira ação ocorreu dia 15 de novembro, na Ilha do Governador, com os pescadores da Colônia Z10. Ao constatar o acúmulo cada vez maior de lixo, principalmente plástico, nas águas da Baía de Guanabara e sentindo o impacto destes resíduos em sua atividade diária de trabalho, os pescadores passaram a organizar grupos para a coleta de resíduos em pontos de acúmulo deste material, como a ilha Seca. De lá, retiram dezenas de quilos de lixo todos os meses e os transformam em resíduos encaminhados para a reciclagem. Para conhecer um pouco mais o trabalho desses pescadores, acompanhamos o grupo até a ilha Seca em pleno feriado para coletar cerca de 40kgs de resíduos formados principalmente por embalagens plásticas, calçados de diversos tipos e formas, restos de material de pesca e até um sofá velho.

Depois da ação dentro da Baía de Guanabara, foi a vez de irmos ao Monumento Natural das Ilhas Cagarras. Com sete mergulhadores e uma água congelante, com a temperatura girando em torno de 13ºC, coletamos alguns restos de linha e petrechos de pesca presos ao costão da Ilha Comprida. Esta ação contou com a parceria do Aquário Marinho do Rio de Janeiro, o AquaRio, que teve dois mergulhadores participando da atividade.

No fim de semana seguinte, estivemos na Praia de Ipanema, apresentando a exposição fotográfica com as belezas submersas das Ilhas do Rio e o impacto sofrido pela poluição no mar. Além disso, colocamos um ponto de coleta de lixo eletrônico e vidro, dois tipos de resíduos difíceis de serem descartados corretamente. Para ver mais sobre essa ação, clique aqui.

Dia 04 de dezembro, nos juntamos a seis outros projetos de conservação, pesquisa e educação ambiental para uma ação do Projeto Verde Mar na Praia Vermelha. Na companhia dos Projetos Coral Vivo, Meros do Brasil, Aruanã, BG500 e Instituto Ecosurf, levamos nossa exposição fotográfica e jogos interativos para crianças e jovens se divertirem aprendendo neste cartão postal do Rio de Janeiro. Além disso, participamos do mutirão de limpeza de praia para levantamento de dados sobre os tipos de resíduos encontramos na região, parte de uma pesquisa que está mapeamento os resíduos sólidos por toda a costa brasileira, num trabalho liderado pelo instituto Ecosurf.

Para finalizar esta sequência de eventos, parte do material coletado em ações de limpeza subaquática, tanto nas Ilhas Cagarras quanto na Praia Vermelha, foram usados pelos artistas Guilherme Gafi e Marcelo Macedo para a produção de obras de arte contemporânea apresentadas numa instalação montada em tempo real durante o Rei e Rainha do Mar, na praia de Copacabana no último dia 12 de dezembro. Para ver mais sobre esta atividade, clique aqui.

E este foi só o início da campanha de combate à poluição no mar. Nas próximas ações, vamos focar nos resíduos orgânicos, que, entre outras coisas, são responsáveis pelas chamadas línguas negras nas praias e também podem provocar a floração de algas que provocam a maré vermelha, que tem predominado no Rio de Janeiro neste mês de dezembro.

Compartilhe:

Posts recentes

No category found
plugins premium WordPress